“Transparência, rigor e responsabilidade” são marcas que a JPP quer dar continuidade em Santa Cruz

Foto DR.

Os candidatos do JPP à Câmara e à Junta de Freguesia de Santa Cruz estiveram hoje no porta-a-porta, com uma mensagem central: continuar o trabalho até aqui realizado e a nova forma de fazer política que foi marca do mandato dos últimos quatro anos.

Paulo Alves, recandidato do JPP à junta de Freguesia de Santa Cruz, não tem dúvidas de que este mandato representou uma mudança de paradigma político no concelho, na medida em que se trabalhou em prol de todos e não apenas em favor de alguns como era prática comum.

“Antes privilegiava-se pessoas conhecidas e não havia uma política para toda a comunidade”, denunciou.

Para o JPP, este modo de atuar terminou com o mandato do JPP.

Segundo Paulo Alves, nesta campanha, a mensagem tem sido a de falar a verdade daqueles que na Câmara e nas juntas trabalharam em prol de todos, e que estão disponíveis para fazer mais e melhor, agora que a autarquia já recuperou financeiramente.

Paulo Alves diz que o contacto com a população tem revelado que as pessoas reconhecem o trabalho feito e a competência do JPP na Câmara e nas juntas de freguesia. Deu, a propósito, o exemplo da Lombada, que foi totalmente repavimentada.

Salientou que os moradores reconhecem o facto de ali ter sido feita obra que não era realizada há mais de trinta anos.

Paralelamente, reconhecem também as pequenas coisas que se fizeram antes da recuperação económica e que foram importantes para as pessoas que delas beneficiaram.

O candidato diz que é a esta forma de fazer política, “com transparência, rigor e responsabilidade”, que o JPP promete dar continuidade.