Projeto permite carregar telemóveis e lanternas ao longo das levadas

Museu-Mini-hídrica
O projeto inovador será apresentado amanhã, pelas 15 horas, no Museu Etnográfico da Madeira.

No âmbito das Jornadas Europeias do Património, o Museu Etnográfico da Madeira acolhe, amanhã, dia 22 de setembro, pelas 15.00 horas, a apresentação pública do Projeto “Mini-Hídricas nas Levadas da Madeira ”, desenvolvido, em parceria, pela Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, este Museu e o Museu da Eletricidade – Casa da Luz. Trata-se de um projeto inovador, no âmbito do património cultural e natural e das novas tecnologias, que propõe uma solução para a implementação de pequenas estações que visam abastecer pequenos postos turísticos, ao longo dos 1500 quilómetros de levadas, de forma a possibilitar, a quem as visita, a oportunidade de carregar os telemóveis/lanternas e demais dispositivos eletrónicos.

De acordo com uma nota distribuída à comunicação social, é referido que “o Museu Etnográfico acompanhou a Instalação do protótipo e a aferição/avaliação dos resultados, numa iniciativa conjunta que reuniu a equipa, os professores e os alunos responsáveis pelo projeto, numa deslocação à serra, no concelho da Ribeira Brava”.

A referida apresentação pública far-se-á através de duas iniciativas interligadas: uma visita guiada ao engenho de moer cana-de-açúcar, existente no Museu – visto que no edifício onde se encontra instalado funcionou, no século XIX, uma unidade industrial, testemunho do nosso património industrial, único a nível nacional – e a passagem de um pequeno filme, acompanhado de uma palestra para apresentação e demonstração do protótipo em funcionamento.

 

Já pelas 18.00 horas, o Museu Etnográfico acolherá o Ciclo de Conferências “Andarilhas”, iniciativa que visa levar a cabo uma intervenção de proximidade no seio das comunidades locais em cada concelho de Região, dando a conhecer os conteúdos que comporão o Grande Dicionário Enciclopédico da Madeira, com organização do Professor Doutor José Eduardo Franco e da responsabilidade da Apca Madeira.