10 carros e 29 bombeiros continuam no combate ao fogo que começou na Tabua

O Arco da Calheta acordou assim… relata Rosangela Rodrigues no grupo Ocorrências na Madeira.

O Serviço Regional de Proteção Civil atualizou hoje, às 11 horas, a situação decorrente do incêndio florestal da Ribeira da Tabua.

Segundo a Proteção Civil “encontram-se no teatro de operações do Incêndio Florestal da Ribeira da Tabua sete (7) corporações de bombeiros – Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava, Bombeiros Voluntários Madeirenses, Bombeiros Voluntários da Calheta, Corpo de Bombeiros de Sapadores do Funchal, Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, Bombeiros Municipais de Santa Cruz e Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos – e o Serviço Regional de Proteção Civil através do Posto de Comando Operacional. O Instituto das Florestas e Conservação da Natureza também está empenhado nesta operação. A operação também contou com a colaboração da equipa GIPS da GNR.”

O número de meios totalizam 29 operacionais distribuídos pelas 10 viaturas empenhadas.

O trabalho efetuado durante a noite pelos bombeiros no setor Alfa (Tabua) continua em resolução enquanto que no setor Bravo (Paúl da Serra) encontram-se em trabalhos de vigilância ativa.