M-ITI apresenta exposição de arte sobre o futuro da tecnologia em África e na Europa

O Instituto de Tecnologias Interactivas da Madeira (M-ITI) inaugura já neste sábado, dia 2 de Setembro às 18h30, no Museu de Electricidade da Madeira, uma exposição denominada “Bizindalo!”, que retrata o futuro da tecnologia em África e na Europa.
Sobre esta mostra, o M-ITI refere que a mesma reúne obras que convidam a revisitar, reformular e recodificar o futuro da tecnologia em África e na Europa.

Criados por artistas, designers e tecnólogos, os objectos e sistemas em exibição foram submetidos e aceites para integrar a parte criativa do simpósio internacional que visa explorar novas “narrativas estratégicas de tecnologia e África”, organizado pelo Madeira Interactive Technologies Institute. Uma mostra que decorrerá entre os dias 2 de Setembro e 10 de Outubro, e que visa pintar a “arte do [radical] possível”, gerando assim, novos tópicos e caminhos para o desenvolvimento criativo, tecnológico e cultural.

Bizindalos, esclarece-se, são megafones públicos usados pelas comunidades de África Oriental para comunicar anúncios e notícias locais.
Na exposição estão instaladas uma estação de rádio do projeto RootIO, criada por Chris
Csíkszentmihályi e Jude Mukundane; uma escultura, desenhos e arte sonora da artista
Moçambicana residente em Lisboa, Ângela Ferreira; um video do artista sul-africano Marcus Neustetter; desenhos e um documentário do projecto “Turtle1”, de uma colaboração entre o Gana e a Holanda tendo como resultado a construção de um carro; entre outros. Os criadores das obras são originários do Uganda, Moçambique, Gana, África do Sul, Holanda, Estados Unidos, Itália, Espanha e Portugal.

A exposição faz parte da conferência internacional “Narrativas Estratégicas de Tecnologia e
África” organizada pelo M-ITI que conta com a participação de académicos de renome
internacional, produtores culturais e empreendedores, que se juntaram para apresentar e reimaginar novas possibilidades sociotecnológicas para África. Muitas das obras aqui
apresentadas foram submetidas e aceites nesta conferência.

O director científico do M-ITI e ERA Chair, Prof. Chris Csíkszentmihályi refere acerca do
Bizindalo! que “há uma enorme criatividade espalhada pelo continente africano, expressada
diariamente através de artes formais e informais e design. Bizindalo! é uma modesta amostra deste património, apresentando desde arte de rua remisturada com o Star Wars a meditações complexas de entrançar o cabelo. Os visitantes da exposição poderão achar estas ideias de arte africana desafiantes e actualizadas”, conclui.