PDR-Madeira criticou assimetrias no concelho de Santa Cruz

Ruben Visinho, candidato do PDR-Madeira à Câmara Municipal de Santa Cruz, falando à comunicação social após a entrega de listas na sexta-feira passada em Santa Cruz, disse que o concelho padece de muitas assimetrias entre os núcleos urbanos e os mais afastados desses centros.

“Agora temos de levar a nossa mensagem aos eleitores, um trabalho que já iniciamos, mas que vamos intensificar. Temos ideias para o concelho, nas diferentes valências. Queremos uma autarquia onde as políticas sejam abrangentes e que envolvam toda a população. Temos de olhar para o município como um todo, pois não podemos esquecer que as pessoas que vivem afastadas do centro das freguesias têm outras necessidades e dificuldades de acesso aos serviços municipais e não só”, salientou o candidato. A mobilidade e a inclusão, acrescentou, “têm de ser uma realidade dentro do município, coisa que não acontece com esta vereação e aconteceu com outras vereações, que tiveram a responsabilidades de gerir os destinos do município durante décadas”.

A terminar, Ruben Visinho adianta que o seu partido apresentou candidaturas aos dois órgãos municipais, Câmara e Assembleia e a quatro juntas: a de Santa Cruz, Caniço, Camacha e Gaula. Ruben Visinho fez-se acompanhar neste acto de Roberto Jardim, mandatário da candidatura e também ele candidato e de Nuno Setim, secretário-geral do PDR-Madeira.