Eduardo Jesus apelou a companhias aéreas para reforçarem operações de escoamento dos passageiros

foto LR

Perante as dificuldades aeroportuárias que se fazem sentir na Madeira, o secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, procurou sensibilizou, hoje, as companhias aéreas para a programação do reforço das suas operações para a Madeira, visando «o mais rápido e eficaz escoamento dos passageiros que ainda se encontram retidos no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo, assim como a chegada de novos passageiros ao destino».

O governante reafirmouy que os transtornos e constrangimentos associados à inoperacionalidade desta infraestrutura, devida aos ventos fortes que se fazem sentir há três dias, só têm vindo a ser minimizados graças «ao empenho e à colaboração de todas as entidades públicas e privadas e, bem assim, ao recurso das infraestruturas aeroportuárias e portuárias existentes na Madeira e no Porto Santo».

Neste esforço colectivo, “que resulta em benefício das pessoas afectadas mas, também e naturalmente, a favor da imagem do destino, o secretário regional com a tutela do turismo e dos transportes na Região apela, assim, às companhias aéreas responsáveis pela maior parte dos movimentos para que «seja equacionada a possibilidade de serem disponibilizados voos extraordinários, eventualmente em aeronaves de maior dimensão, de modo a que, com a maior celeridade possível, a resposta aos passageiros se faça sentir, da melhor forma, em complemento às alternativas que têm vindo a ser encontradas a outros níveis e contando com o envolvimento de todos».

«A resposta aos passageiros foi, desde o primeiro momento, prioritária», pelo que se aguarda que também as companhias aéreas «possam fazer parte desta solução conjunta que temos vindo a dar», concluiu.

As previsões apontam para que a normalidade regresse ao Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo, a partir de amanhã e até à próxima quarta-feira.