Rubina Leal critica executivo de Cafôfo e fala em “devolver ao Funchal dinâmica e ritmo”

A cabeça de lista pelo Funchal, Rubina Leal, aproveitou a ocasião da entrega das listas no Tribunal do Funchal, que hoje se verificou, para falar da importância das eleições autárquicas do próximo dia 1 de Outubro. “Não são uma brincadeira”, salientou.

“Estas eleições são muito importantes, porque está em casa causa o futuro do Funchal”, explicou, falando da urgência de “devolver” à Cidade a “dinâmica e o ritmo” que tinham, antes destes últimos quatro anos.

“Nós tivemos ao longo destes quatro anos uma cidade estagnada, uma cidade em que não há projecto, uma cidade em que o executivo mantém constantemente a sua máquina de propaganda”, apontou, definindo a actual governação como “uma grande mentira”.

“Aquilo que eu digo é sobre o que está aos olhos de cada um. Fala-se de reabilitação urbana, mas não há um único prédio reabilitado. Fala-se em devolver os munícipes o IRS e aquilo que foi devolvido não foram os 5% como tinha sido anunciada, mas apenas 1%”, continuou Rubina Leal, criticando ainda a falta de investimento na habitação social.

“O que se tem assistido, é um sem número de promessas que não têm sido cumpridas. É tempo de dizer basta”, considerou.