Final do Campeonato Nacional de caça realizou-se na Madeira pela primeira vez

Foto DR

No passado fim de semana, nos dias 22 e 23 de julho, decorreu pela primeira vez, na ilha da Madeira, a final do Campeonato Nacional de Santo Huberto, competição na área da caça, com a presença de 23 concorrentes, oriundos de todo o território nacional.

Segundo uma nota da Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, estas provas realizaram-se no Paúl da Serra, em três campos de prova distintos, com o objetivo de selecionar o atleta mais regular.

Ao longo do fim de semana, nas três provas realizadas, o caçador Mário Brito, acompanhado por uma cadela Perdigueira Portuguesa, sagrou-se o campeão nacional, seguido do caçador Domingos Carloto. Estes dois atletas, representarão Portugal na fase final do Campeonato do Mundo da modalidade, que se irá realizar no mês de outubro em França.

Os atletas madeirenses presentes neste campeonato conseguiram bons resultados. De destacar as prestações do caçador Agostinho Gouveia, com um Braco Alemão que conseguiu um excelente 4º lugar e do caçador Felipe Hilário, também acompanhado de um Braco Alemão, que ficou em 8º lugar.

As provas de St.º Huberto surgem da necessidade de passar para a vertente desportiva a caça e fomentar o espírito cinegético. Esta competição visa a promoção e valorização do espírito desportivo do caçador, as qualidades naturais e de ensino do cão, bem como a correcta formação cinegética, num total respeito pela natureza e toda a sua envolvência.

Este desporto na RAM tem vindo a crescer nos últimos anos, contando na atualidade com mais de duas dezenas de atletas a participar no campeonato regional da modalidade, com a qualidade dos atletas e dos cães a melhorar substancialmente nos últimos anos.

Este evento foi apoiado pelo Instituto de Florestas e Conservação da Natureza IPRAM, no âmbito técnico, logístico e financeiro.