Partido da Terra denuncia intimidação a candidatos no Funchal, Machico e Santa Cruz

O MPT-Madeira diz hoje em comunicado que tem vindo a registar que alguns dos Autarcas eleitos nos vários Concelhos da RAM, têm tido “atitudes muito pouco recomendáveis e nada democratas, arranjando formas diplomáticas para intimidar candidatos às próximas eleições autárquicas de 1 de outubro de 2017”.

Neste sentido, o MPT-Madeira afirma com toda a responsabilidade e com conhecimento de causa, das várias tentativas para dissuadir os candidatos do Partido da Terra, nos Concelhos de Machico, Santa Cruz e Funchal.

Em virtude deste atropelo à democracia representativa e ativa, o Partido da Terra garante que vai concorrer em todos os Concelhos da RAM e levar todas as situações antidemocráticas em seu conhecimento, junto das entidades competentes para que se possam aferir as responsabilidades de tais atos.

“Em nosso entender estas situações não deviam acontecer, porque as mesmas ferem de morte a democracia popular”, refere o partido.

O MPT-Madeira vai mais longe e lembra que em tempos estes partidos criticavam o PSD e agora fazem exatamente o mesmo ou até pior.

Para o MPT, o pluralismo democrático de cidadãos poderem dar a sua cara por um Partido, é considerado por alguns políticos de outros partidos, como uma ameaça e neste sentido abordam ou telefonam a esses cidadãos, no sentido de os intimidar e fazer com que desistam de se candidatar ao projeto que acreditam.

Segundo o MPT-Madeira “esta é uma política rasca e adequada a países de 3º mundo em regime de ditadura”.