Salvador Sobral “inconveniente” na onda de solidariedade que deu mais de 1 milhão de euros

Sobral
Salvador Sobral deu polémica no concerto solidário.

Foi um momento de grande relevância na televisão portuguesa, com os três canais a transmitirem em direto a gala de solidariedade “Juntos por Todos”, para com as vítimas dos incêndios em Pedrogão Grande, que atingiu um número verdadeiramente impressionante: mais de um milhão de euros. Foi no Meo Arena, com os presidentes da República e da Assembleia da República a assistirem.

A mobilização geral à volta deste acontecimento, envolvendo organização, entidades, artistas e uma autêntica manifestação de querer do povo em ajudar as vítimas dos fogos que mataram 64 pessoas, acabou por dominar uma noite memorável para Portugal e para os portugueses, enquanto manifestação de apoio e garantia de que podemos contar com a solidariedade de todos.

O momento menos agradável foi mesmo quando Salvador Sobral decidiu brincar com coisas sérias. Depois de interpretar a música “Amar pelos Dois”, Salvador fez um improviso vocal que arrancou fortes aplausos da assistência. Só que esta não estava à espera da reação do mediático cantor vencedor do Festival Eurovisão da Canção: “Sempre que se faço qualquer coisa vocês aplaudem. Vou mandar um peido para ver o que é que acontece…). Hilariante.  “Amar pelos Dois” assim, é menos bonito.