Rubina Leal quer criar bolsa de terrenos para apoiar empresários do sector agrícola

Foto DR.

A candidata do PSD/Madeira à Câmara Municipal do Funchal, Rubina Leal, quer apoiar os pequenos empresários agrícolas do concelho, através da criação de uma bolsa de terrenos e dar formação e apoio técnico aos utentes das hortas urbanas e sociais.

“Aquilo que pretendo é criar uma bolsa de terrenos, ou seja, fazer um levantamento rigoroso dos espaços e das zonas agrícolas que estão abandonados” disse, lembrando que 21% do terreno do concelho do Funchal tem aptidão agrícola.

Durante uma visita às estufas dos Álamos, na semana passada, onde reuniu com jovens agricultores, Rubina Leal explicou que o objectivo é apoiar o pequeno empresário a criar a sua própria empresa, facilitando o empreendedorismo neste sector e valorizando a exploração agrícola dos produtos regionais.

Tendo em conta a importância do tecido agrícola da Cidade do Funchal, não só pela tradição mas também pela forma como os solos são ocupados, a candidata lamentou o estado de abandono a estão votadas as hortas urbanas e sociais.

“Aquilo que pretendo é melhorar o estado das hortas urbanas e das hortas sociais, assegurando a assistência técnica e a formação das pessoas que exploram estes espaços”, disse, sublinhando a importância das hortas, não só como forma de lazer mas também de sustento das próprias famílias.

Rubina Leal lembrou que nas vereações em que fez parte foram criadas 911 hortas urbanas e 149 hortas sociais. “Esta forma integrada de olhar para o sector agrícola [empresários e utentes das hortas urbanas e sociais] é importante tendo em conta não só a nossa tradição mas também a forma como ocupamos os solos”, concluiu.