CDU diz que habitantes do bairro da Ribeira Grande, em Santo António, estão “abandonados”


A CDU informa que realizou hoje, dia 4 de Junho, uma iniciativa de contacto com os moradores do Bairro da Ribeira Grande, em Santo António, constatando o “estado de abandono a que estão votadas estas populações”, quer por parte da Câmara Municipal do Funchal, quer por parte dos Investimentos Habitacionais da Madeira – IHM.
Dizem os comunistas que, a juntar à degradação do parque edificado, com os problemas de infiltrações nas habitações, as falhas nas diversas redes de abastecimento, o não funcionamento dos intercomunicadores, verifica-se que não existem (há já largos anos) bocas-de-incêndio e que os jardins são cuidados pelos próprios moradores, sendo que a rega é efectuada pelos mesmos e com água da rede pública que abastece as habitações. Ou seja, são os próprios moradores, pagando a sua própria água, que regam os jardins.
“Aliás, é evidente a degradação e falta de manutenção em diversos espaços, num estado de abandono que não é pior devido à intervenção dos próprios moradores”, refere a CDU.

O partido considera a situação inadmissível e exige que sejam tomadas medidas. Na próxima reunião da vereação da Câmara Municipal do Funchal, estas questões serão levantadas e será exigida a intervenção camarária, quer na parte que está à responsabilidade do Município, quer no sentido da edilidade exercer pressão junto dos Investimentos Habitacionais da Madeira. “Existem soluções e há que colocá-las em prática”, afirma a coligação.