Publicidade: Projecto Europeu sobre o símbolo das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia promove Banana da Madeira

As três organizações que representam o sector das bananas europeias, a GESBA (Banana da Madeira), a UGPBAN (Banane de Guadeloupe & Martinique), e a ASPROCAN (Plátano das Canárias), lançaram uma Campanha de promoção para   aumentar a notoriedade dos produtos agrícolas das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia – com particular destaque para a banana europeias – e o símbolo que os identifica: o Símbolo RUP.

O principal objetivo desta campanha de três anos (2017 – 2019) é dar a conhecer aos consumidores europeus os valores dos produtos agrícolas das RUPs e gerar mais conhecimento sobre o logo de qualidade da UE que os identifica.

O valor global do Projeto para os três anos é de 3 375 000 Euros, sendo financiado a 80 por cento pela União Europeia, e a restante parte pelas organizações promotoras.

O símbolo RUP garante ao consumidor a origem, a qualidade e a segurança alimentar, bem com a implementação do processo de rastreabilidade e das boas práticas agrícolas, que respeitam o meio ambiente e a biodiversidade, dos produtos provenientes das RUP, como é o caso da Banana da Madeira.

A tournée europeia de um veleiro, o Marité, é a principal ação da campanha. O navio é um mensageiro das Regiões Ultraperiféricas e o porta-estandarte do Símbolo RUP, percorrendo 18 cidades portuárias da União Europeia, de 6 países: Espanha, Portugal, França, Bélgica, Alemanha e Polónia.

Em cada escala, desenvolvem-se atividades pedagógicas com escolas locais, que permitem dar a conhecer às crianças as RUP. Em cada porto está também patente uma exposição fotográfica: «Exotic Taste of Europe», alusiva aos produtos agrícolas das quatro regiões promotoras deste projeto: a Madeira, as Canárias e Guadalupe e Martinica. A exposição dá particular destaque à cultura da banana, que está presente nessas quatro regiões.

De 15 a 19 de Maio, o navio esteve na Doca de Alcântara, em Lisboa, onde fez a sua segunda escala. A 16 de Maio, teve lugar uma receção a bordo do Marité, para a inauguração da exposição itinerante, e que contou com a presença de diversas individualidades e com as crianças da Escola Básica Raul Lino.

A grande maioria dos visitantes da exposição foram crianças e jovens, que se mostram curiosos e encantados por esta forma de promover, e sensibilizados para os valores que estas culturas respeitam.

“O cultivo da banana tem uma importância económica e social que é vital para muitas famílias madeirenses e constitui um sector dinâmico e de grande importância para a estrutura económica regional. As nossas produções respeitam os mais elevados padrões de qualidade e segurança alimentar, bem como as boas práticas agrícolas e o respeito pelo meio ambiente e pela biodiversidade, pelo que a promoção da Banana Madeira associada ao símbolo RUP é fundamental.”, afirma Jorge Dias, gerente da Gesba.