Campeões nacionais da Física e da Matemática, da Escola Jaime Moniz, distinguidos por Albuquerque

 

Lara Sá, vencedora da competição nacional em física, pretende seguir medicina. Fotos Governo Regional.

O presidente do Governo Regional quis prestar, esta tarde, homenagem na Presidência aos dois estudantes da Escola Secundária de Jaime Moniz (ESJM), Lara Sá e Pedro Rocha, que venceram as recentes competições nacionais, respetivamente de Física e Matemática.

Miguel Albuquerque felicitou os alunos, a família e a ESJM, na pessoa do presidente do Conselho Executivo, Jorge Moreira de Sousa, pelos resultantes alcançados e procurou deixar bem claro que o seu Executivo aposta “na qualidade do ensino” e na performance demonstrada pelos estudantes, pelo que era “com orgulho” que assinalava a vitória na Quinta Vigia.

A cerimónia contou apenas com a presença da aluna Lara Sá, vencedora das competições de Física, uma vez que o vencedor na área da Matemática, Pedro Rocha,  ficou impossibilitado de estar presente por questões de saúde, tendo sido representado pelos pais, conforme explicou Emanuel Rocha.

Lara Sá pretende seguir o curso de medicina e agradeceu a distinção de Albuquerque, bem como a preparação dada pelos professores na Escola Secundária de Jaime Moniz, desde o 10.º ano de escolaridade.

O chefe do Executivo reforça a sua aposta nas novas gerações e pretende cada vez mais incentivar a investigação ao nível das novas tecnologias, de que é exemplo o M-ITI – Madeira Interactive Technologies Institute, que investe na inovação.

Albuquerque dirigiu ainda uma palavra de reconhecimento às famílias dos alunos, também presentes, pelos resultados alcançados pelos filhos, bem como a boa preparação da ESJM destes jovens.

Tal como o FN já tinha divulgado, os alunos “Pedro Rocha e Lara Sá, alunos da Escola Secundária Jaime Moniz, voltaram às Competições Nacionais de Ciência, que ocorreram na Universidade de Aveiro, entre os dias 08 e 10 de maio e, desta feita, como equipa “Machico Funchal Madeira”. Chegaram, competiram em 3 provas e venceram nas categorias de Matemática e Física, ambas de 12.° Ano”.

Ambos atletas “registaram tempos impressionantes. Em Matemática (Mat12) responderam a 80 questões, distribuídas por 20 níveis, em apenas 02min e 06s. Já a Física (Fis12) foi uma “inovação”, uma vez que estes jovens, movidos pela vontade de saber mais, concorreram, pela primeira vez, numa disciplina à qual não tinham aulas, estudando, por conta própria, a matéria. Ainda assim, responderam a 40 questões, distribuídas por 10 níveis, em apenas 01min 30s, batendo o tempo dos vencedores dos anos anteriores”.

Por fim, há que salientar que esta dupla de campeões considera que “estas provas os ajudaram a desenvolver as suas capacidades, não só de raciocínio rápido, mas também de estudo e trabalho, pois eles fizeram cerca de 1000 treinos por prova, ressalvando que quando encontravam matéria nova, pela primeira vez, era um pouco difícil. Nenhum deles dúvida que as competências adquiridas no Pmate foram decisivas para o sucesso escolar que apresentam e, por isso, aconselham outros jovens madeirenses a participar, para que o nome Madeira continue à frente, nas Competições Nacionais da Ciência”.

A festa da vitória em Aveiro.