Liberdade de imprensa e religião em debate amanhã no Teatro Baltazar Dias

Amanhã, pelas 18 horas, no Teatro Baltazar Dias, decorre a 5.ª Edição das Conferências do Teatro que promove encontros de investigadores culturais académicos com a comunidade em geral.

Nesta conferência serão abordadas as efemérides referentes ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, Dia Mundial da Gastronomia.

O mês de Maio fica marcado também pelo centenário das aparições de Fátima, servindo de mote para abordar na conferência o culto mariano. A virgem Maria é venerada desde os tempos da descoberta e povoamento da Madeira. Dessa devoção ancestral falam as respectivas capelas, ermidas e depois as igrejas, que se vão erguendo ao longo de quase seis séculos.

Manuel da Gama, licenciado em filosofia e teologia e ex-director do Semanário Voz de Portugal, analisará o efeito que o fenómeno de Fátima teve sobre os cultos tradicionais da Madeira, demonstrando que, ao contrário do que aconteceu com vários outros cultos tradicionais que perderam fiéis ou desapareceram por completo, o culto à virgem Maria não apenas persistiu como se revitalizou e atrai novos devotos que lhe asseguram continuidade.

A conferência, de entrada livre, contará ainda com a presença de Cláudia Dias Ferreira, licenciada em Engenharia Agrícola e Chefe de Divisão de Promoção do Comércio do Agro-alimentar, e de Emanuel Janes, historiador, investigador, colunista e professor.