Filha de madeirense mostra talento nas artes dramáticas em Londres mas “Brexit” preocupa

Sienna Aivaliotis a representar Oliver Twist, de colete verde e chapéu preto. Fotos DR

Sienna Aivaliotis tem 10 anos e frequenta uma escola de artes dramáticas de Londres (stage coach). A mãe é madeirense, Ana Lomelino, e o pai inglês, Richard Aivaliotis.

A jovem Sienna é uma apaixonada pelas artes dramáticas, tendo recentemente representado a peça Oliver Twist.

Há 22 anos que o casal vive em Inglaterra, um mundo de oportunidades que, nos últimos tempos, passou a ficar ensombrado pelo Brexit. Ana Lomelino é bancária e Richard Aivaliotis administra um escritório. O futuro é incerto mas a esperança está sempre presente no horizonte desta família.

A jovem Sienna frequenta a escola de artes dramáticas desde os seis meses de idade. Hoje faz parte de uma instituição frequentada por 32 crianças, divididas segundo a faixa etária. Sienna quer ser artista ou então professora. Tem o mundo pela frente e tanto ela como os pais querem continuar no Reino Unido.

Como esta família há centenas de outras, emigrantes, que nos fazem refletir sobre o futuro no contexto da Inglaterra. Histórias que se cruzam de descendentes de emigrantes, nascidos em solo britânico, que pretendem singrar em Londres, apesar das cada vez maiores restrições aos forasteiros ditadas pelo último referendo.