De aluna para os professores: “Tudo leva um pedaço de céu do professor”

benedita-3
Fotos de Benedita Homem de Gouveia.

Benedita Homem de Gouveia é uma jovem madeirense com 18 anos de idade, que entrou este ano no Curso de Finanças, no Instituto Superior de Economia e Gestão. No Dia do Professor, quem melhor poderá falar destes profissionais se não os alunos? O desafio foi lançado e a Benedita respondeu logo, a partir de Lisboa, com o seu depoimento ao FN, que se publica.

“A profissão de professor deveria ser a mais bem remunerada e credibilizada dada a sua extrema importância. No entanto, mais do que a remuneração em termos de recompensa material, há que dizer que os professores são os mais “remunerados” em termos de orgulho e felicidade visto que são eles sempre a estarem na génese do que sabemos hoje em dia, desde ler, escrever, saber estar e toda a intelectualidade que possuímos. Tudo isto, devemos aos professores que nos formaram e continuam a formar durante a vida inteira.

Os professores são os criadores de todas as outras profissões, são quem dá o balanço para que toda a sociedade funcione como hoje funciona. pois sem os eles nunca nos poderíamos desenvolver mentalmente nem praticar o bem, através das escolhas que fazemos em relação ao nosso futuro com as nossas profissões. Quantas dúvidas, quantas inquietações nesta caminhada e eles sempre a dar pistas, a amparar, a mostrar a luz…

benedita-principalAo longo da minha vida de estudante, tive quatro professoras que me marcaram para sempre: na primária, no 5º ano, no 9º e  no 12º anos (não menciono nomes para não ferir suscetibilidades); tudo fases importantes da minha vida, fases estas em que moldei os meus gostos e personalidade muito de acordo com aquilo que me haviam ensinado na escola.

Um professor, para além de ensinar, tem de transmitir força, carinho e apoio ao aluno; não desistir dele e incentivar a sua sabedoria. As professoras que me marcaram reuniam estes atributos fundamentais e ensinaram-me sempre que me poderia tornar  numa pessoa diferente e mais importante. São pessoas  a quem vou continuar sempre ligada, ainda que emocionalmente, e que nunca pretendo perder o contacto, visto que lhes devo muitas das minhas qualidades como pessoa.

Não é preciso dizer o óbvio. Mas há que sublinhar o essencial. Os professores são os criadores do mundo e quanto melhor praticam a sua profissão, com a maior alegria e empenho, maiores serão os frutos e sucessos futuros da razão da sua existência: os alunos.

benedita2O professor deve sentir-se todos os dias realizado, pois, ao ligar a televisão ou ao ler um livro, tudo o que o rodeia em termos sócio-culturais, leva um bocadinho de céu dos professores. Basicamente, os professores tornaram-me na jovem que sou hoje. Ensinaram-me os meus valores, a ser quem sou e a estimular a minha vontade de criar todos os dias e tornar-me numa melhor pessoa, na minha melhor versão.