Fogo desce para a cidade e espalha o pânico deitando por terra os apelos à calma dos governantes

funcho 4
De uma moradia de Santa Maria Maior, a vista para a baía do Funchal é esta. Fotos Rosário Martins

O pânico começa a instalar-se a partir do momento que o fogo começa a resvalar para a Ribeira de João Gomes, Santa Luzia, São João e até mesmo Imaculado Coração de Maria.

O cenário que cobre o anfiteatro do Funchal é o de uma bola de fogo imensa e ninguém sabe, nem as autoridades, o que vão fazer. O otimismo de Miguel Albuquerque pelas 16h00, em conferência de imprensa, já caiu por terra face ao evoluir dos últimos acontecimentos.

Sabe-se que o governo de Costa está reunido para discutir o assunto e enquanto isso as labaredas vão ganhando cada vez mais terreno. Os voos  para a Madeira estão cancelados até ao dia 13.

funcho 2Cerca de 200 pessoas deram entrada já no hospital do Funchal. Mais de 300 doentes começaram também a ser evacuados do Hospital João de Almada.

A zona alta da Boa Nova também já está a ser atingida e já se sentem explosões de botijas de gás.

funcho 4