Animais também sofrem com o calor e incêndios

/LC/

cão incêndio
Foto retirada do Facebook de Maria Carmo Gonçalves

Muitos cães e gatos encontram-se desaparecidos e perdidos, provavelmente depois de serem soltos devido aos incêndios, alerta a Ajuda Alimentar a Cães, que colocou a foto de alguns na sua página do Facebook.

“Estamos a receber muitos pedidos de ajuda de cães que vivem acorrentados, sem comida e sem água e estão muito aflitos devido às condições atmosféricas. Com este calor é provável que não sobrevivam. Com os incêndios, ainda pior”, alerta.

Pedem que soltem os animais que encontrarem em sofrimento e deitem água já que os animais sentem sede e calor como nós e não se conseguem soltar sozinhos para ir procurar sombra.

A temperatura está demasiado alta e é importante todos os cães e gatos terem água fresca disponível, até podem colocar cubos de gelo na água. Os animais têm que estar sempre à sombra. Um banho frio também pode ajudar a aliviar o calor excessivo.

Informam também que até todas as suas dívidas estarem pagas e todos os animais que acolheram estarem adotados não será possível fazer mais resgates.

Devido aos inúmeros resgates que a Ajuda Alimentar a Cães efetuou nos últimos meses, as dívidas nas clínicas de tratamentos realizados a esses cães e gatos acumularam-se e todos os abrigos desta organização estão lotados.

Se quiser ajudar a Ajuda Alimentar a Cães a continuar a salvar vidas, adote um dos animais ou contribua monetariamente na Vetmadeira, na Vetfunchal, na Vetconsulting ou através da conta bancária desta organização:

NIB: 0010 0000 52090190001 91
IBAN: PT50 0010 0000 5209 0190 0019 1
SWIFT/BIC: BBPIPTPL