FN encontra cenário dantesco: fogo e fuga nas zonas altas da cidade

Fogo8
Fotos Emanuel Silva.

No alto do Lombo do Jamboeiro, em São Roque, as faúlhas cruzavam perigosamente as moradias da população local. Assustadas, a primeira reação dos populares, mesmo com as crianças ao colo, de máscaras na cara, era correr a retirar para o exterior as botijas de gás,  e a gesticularem incessantemente. Impressionante a correria das pessoas, numa luta contra o tempo, para retirar ainda os carros das garagens e salvar os seus animais.

Fogo4Um manto de fumo intenso “cegava” tudo e todos, até no momento de prestar o socorro. Mais à frente, na zona industrial da Ribeira Grande, as chamas consumiram por completo uma fábrica que comercializava pneus, ao mesmo tempo que as outras estavam a ser acauteladas pelas forças de segurança.

Foto 16O rodopio de ambulâncias e de viaturas de bombeiros, assim como de polícias, emprestavam aos pontos de fogo um cenário de verdadeiro tragédia, indizível.

Fogo7O Largo do Encontro, em São Roque, fez jus ao nome. Uma ambulância prestava assistência aos mais aflitos, numa espécie de hospital de campanha improvisado.

Fogo3O FN percorreu os principais lombos de São Roque a Santo António, mas até certo limite. As forças de segurança, visivelmente exaustas e alarmadas, travaram o avanço das equipas de reportagem no local, por questões de segurança.

Foto11O fumo foi de tal ordem extenso que cobriu o Complexo Desportivo do Marítimo. A bomba de gasolina ali existente foi imediatamente desativada.

Fogo2Com a chegada da noite, as pessoas aglomeravam-se, envoltas em toalhas ou camisolas a taparem o rosto. Os bombeiros, perante várias prioridades, tinham de optar se atacavam uma frente ou outra. As frentes eram tantas que não davam tréguas aos soldados da paz e havia que tomar decisões.

Fogo1Ao cair da noite, a meia encosta, rodeado completamente de chamas, ouvia-se uma ou outro alerta da população, entrincheirado na sua casa, enquanto o fogo consumia os arredores. Ninguém apontava o dedo a culpados, apenas o desejo de ver parar aquele inferno. Mas o vento não ajudava, uma vez que ora fazia progredir as chamas ora espalhava o fumo deixando toda a gente atordoada e sufocada.

Fogo5

Foto 12

Fogo6

foto14

Foto10

foto 20

Foto 19

Foto 13