Festa de Nossa Senhora do Monte preparada com novenário

monte novenasNo dia 15 de agosto a paróquia de Nossa Senhora do Monte irá celebrar a festa da sua padroeira.
Será presidida por D. António Carrilho, Bispo do Funchal e terá início às 10h30. Terminada a cerimónia litúrgica realizar-se-á a procissão.
Como preparação espiritual para aquela solenidade estão a decorrer as novenas e Eucaristias às 20 horas. Iniciaram-se no dia 5 de agosto e vão prolongar-se até 13 deste mês. A missa da vigília da festa, no dia 14 às 21 horas, será presidida pelo Pe. Dr. Giselo Andrade, pároco do Monte.
Cada novena tem um nome e as homilias são proferidas por diversos sacerdotes.
Neste sábado, dia 6, a novena da Boa Esperança terá como orador o Pe. Doutor Marcos Gonçalves, pároco de São Martinho.
Amanhã, domingo, a homilia da missa, integrada na novena da Boa União, será proferida pelo Cónego Fiel de Sousa, Vigário Geral da Diocese do Funchal.
A novena dedicada aos emigrantes e que decorrerá no dia 10 terá homilia pelo Pe. Marcos Pinto, madeirense, que trabalha com a emigração em Londres.
Outra novena com muita tradição é a dos carreiros que será celebrada na quinta-feira, 11 de agosto com pregação pelo Cónego Vítor Gomes, pároco da Sé e que já exerceu o cargo de pároco do Monte.
Boa Vontade é a denominação da novena que será celebrada no dia 12. A homilia será proferida pelo Pe.  Luís Miguel, pároco do Santo da Serra, Ribeira de Machico, Água de Pena e João Ferino.
A última novena tem o título de Boa Fé, sendo a homilia proferida pelo Pe. Humberto Martins, da Congregação dos Dehonianos e que é natural da freguesia do Monte.
Todas estas cerimónia terão transmissão em direto pelo Posto Emissor do Funchal, iniciando-se às 19h30 com a recitação do Terço na igreja do Monte e também no Meo Kanal (113292) e Sapo Vídeos.
Durante estes dias haverá animação no arraial que é custeado por um emigrante madeirense radicado na África do Sul.
Estará em funcionamento uma «casa de chá» junto à igreja com diversas especialidades gastronómicas, revertendo as verbas para ajudar as obras paroquiais.
Entretanto no dia 5 de agosto, primeira novena, foi benzido o ambão (a plataforma utilizada para leituras e homilias) que veio valorizar a igreja de Nossa Senhora do Monte que já tinha sido dotada de uma cobertura do altar em talha dourada, sendo estas obras da autoria do madeirense Jorge Andrade.
Há assim muitos motivos para uma visita à simpática freguesia do Monte que está de novo a viver festas com muita tradição.