Morreu o ex-capelão do Hospital, cónego José Manuel de Freitas

Manuel FreitasFaleceu ontem, dia 15 de Maio, o Cónego José Manuel de Freitas.

Era sacerdote diocesano da Diocese do Funchal e faleceu ontem, ao fim da manhã, no hospital.

Tinha 79 anos de idade, e era natural do Monte, concelho do Funchal.

Nasceu no dia 19 de Janeiro de 1937, era filho de Manuel Coelho de Freitas e de Eugénia França de Freitas.

Foi baptizado no dia 24 de agosto de 1937 e confirmado a 28 de maio de 1950.

Depois do percurso formativo no Seminário foi ordenado diácono a 07 de abril de 1962 e Sacerdote no dia 15 de agosto do mesmo ano.

Dentro dos serviços eclesiásticos que desempenhou, ao longo do seu ministério, destaque o seu trabalho na Diocese de Quelimane, em Moçambique, e durante longos anos, junto das comunidades portuguesas no Canadá, na África do Sul e em Bruxelas.

Na Diocese do Fucnhal, exerceu o seu ministério como professor do Seminário Menor e também Diretor Espiritual, bem como diretor do Conselho Diocesano de Pastoral.

Durante vários anos teve ao seu cuidado a Pastoral da Saúde, sobretudo como Capelão no Hospital do Funchal.

“A sua vida de serviço do Evangelho deixou um testemunho de pastor e de fidelidade à Igreja, nomeadamente no acompanhamento espiritual dos fiéis que lhe estavam confiados, sobretudo no cuidado pela pastoral familiar, manifestado no acompanhamento espiritual e amigo de muitas famílias, em vários movimentos. A Diocese agradece o seu serviço presbiteral à Igreja e sua dedicação de pastor ao Povo de Deus”, revela uma nota publicada na página da Diocese do Funchal.

A Eucaristia de corpo presente será presidida pelo Bispo do Funchal, D. António Carrilho, na igreja paroquial de São Martinho, amanhã terça-feira, 17 de maio, pelas 11h30, seguindo-se o funeral para o jazigo da Diocese do Funchal, no Cemitério de São Martinho.

O corpo do Cónego José Manuel de Freitas estará em câmara ardente a partir das 10h30, na igreja paroquial de São Martinho.