Rua João Paulo II: aldrabice nas tubagens…

Rui Marote (texto e fotos)

inaug01.jpg

Quanto irá custar esta aldrabice…?

Na Rua João Paulo II, que foi inaugurada há cerca de 11 anos, hoje procede-se à abertura de uma vala junto do passeio, para colocação de tubagem que servirá para a passagem de cabos de telefone, TV cabo e outros. Obra naturalíssima aos olhos dos transeuntes, feita pela Edimade. Nada de estranho.

Acontece que estão a ser levantados os tubos lá existentes, danificados pelo mau lançamento da firma construtora, Tecnovia, que efectou esse trabalho aquando da abertura dessa via.

Vamos aos factos: embora não sejamos engenheiros, é dos livros que no lançamento de tubagem de plástico que servirá de passagem a cabos eléctricos e outros, é necessário cobrir esses tubos com uma camada de betão (cimento e areia) e, depois de uma secagem, procede-se à colocação de terra ou outro entulho para fechar a vala.

Acontece que essa camada de betão não foi aplicada, e a terra foi colocada directamente sobre os tubos.

Com o passar do anos, o peso dos materiais colocados em cima dos tubos danificou-os, deixando de servir de ‘guia’ na passagem de novos cabos.

Conclusão: só restou abrir de novo a vala, substituir a tubagem e aplicar a caixinha de cimento.

A Edimade está a realizar um trabalho digno de registo.
A Edimade está a realizar um trabalho digno de registo.

Perguntamos: onde estava a fiscalização dessa obra?

Os anos passaram, a validade da responsabilidade caducou, e ninguém poderá “chamar à pedra” a construtora.

Uma aldrabice, substituindo o cimento por terra. Assim os lucros das empresas triplicam e o erário paga, mexendo nos nossos bolsos.