Secretaria do Ambiente abre concurso público para a Casa do Pacheco para alojamento turístico

/LC/

Foto: madeira.gov
Foto: madeira.gov

A Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, através da Direção Regional de Florestas e Conservação da Natureza, já abriu o concurso público para a concessão do direito de exploração para fins de alojamento turístico da Casa do Pacheco, no Seixal, dando assim cumprimento ao estipulado no programa do governo.

Os procedimentos foram tornados públicos esta quarta-feira, 9/03/2016, sendo que o valor base da proposta corresponde à renda mensal mínima de quinhentos euros.
Os potenciais interessados podem consultar, gratuitamente, as peças do concurso e apresentarem as propostas, por intermédio da plataforma eletrónica de contratação pública “acinGov”, acessível através do sítio eletrónico http://www.acingov.pt.

Localizada na Fajã da Pedra, na faixa litoral abaixo do Montado dos Pessegueiros, zona de beleza natural muito rica em biodiversidade com espécies endémicas de flora e fauna, que integra uma mancha significativa da Floresta Laurissilva da Madeira, classificada pela UNESCO como Património da Humanidade, a Casa do Pacheco constitui um pólo turístico do ponto vista geoestratégico porquanto se situa no eixo de dois concelhos – São Vicente e Porto Moniz – e apresenta caraterísticas singulares paisagísticas.

Considerando que a Casa do Pacheco, antigo lagar comunitário, expressão dos traços da ruralidade, potencia a criação de uma unidade de alojamento que permite o contacto direto e genuíno com a natureza, a agricultura e as tradições locais, e responde à necessidade de diversificação da procura e promoção do desenvolvimento turístico em espaço rural, entende a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais que se justificava a respetiva recuperação e beneficiação, por forma a assegurar a sua funcionalidade e exploração eficiente e condigna.

Este imóvel, que funcionou como lagar comunitário durante alguns anos, faz parte integrante das várias construções rurais que ao longo de muitas décadas foram crescendo em toda a Madeira.

A Casa do Pacheco fica localizada na interseção da antiga Estrada Regional 101, logo a seguir ao túnel da Ribeira do Inferno, no sentido São Vicente-Seixal.

Esta é a segunda infraestrutura do género que o governo abre concurso público para concessionar a privados.

Entretanto, recentemente, o Presidente do Governo Regional e a Secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais estiveram no Lombo do Mouro, anunciado a disponibilização daquela casa de abrigo à população por um preço de 25 euros/dia.