Madeirenses preparam hoje receção calorosa à imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima

senhoraA Madeira vive hoje um momento alto de fé: a chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima à Região, pelas 18 horas, para cá permanecer ao longo de um mês. Os católicos assinalam este evento com grande devoção e interesse, sendo de sublinhar o facto de o programa constar a passagem da imagem por instituições que merecem uma atenção especial, tais como o Estabelecimento Prisional do Funchal, a Casa de Saúde de São João de Deus, o Hospital Central do Funchal, bem como de escolas como a APEL.É um olhar pelas periferias da sociedade, no espírito da Palavra de Deus que recomenda uma atenção preferencial aos pobres.

Está prevista uma calorosa receção esta tarde da imagem, no Aeroporto Internacional da Madeira, com a presença do Bispo da Diocese e demais autoridades regionais. Será feita uma saudação inicial com um cântico a Maria, interpretado pelo Grupo de Jovens de Santa Cruz; e com o “Hino da Região”, com o contributo da Banda Paroquial de São Lourenço da Camacha.

600 motards e demais entidades acompanham a imagem peregrina até ao Largo do Colégio, onde está prevista uma cerimónia de acolhimento a Nossa Senhora, numa celebração a decorrer na Igreja do Colégio, pelas 19h30, seguida de uma procissão de velas até à Sé Catedral.

Até 6 de março, a imagem peregrina passará por diversas paróquias da Madeira e já esta segunda feira, pelas 15h30, está agendada uma celebração “Dia do Doente”, na Sé Catedral do Funchal. No mesmo dia, vai decorrer “uma Vigília de Oração pelas Vocações”, entre as 19h30 e as 21h00”.

No âmbito da visita que a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima está a fazer a todas as dioceses portuguesas, a Igreja Católica no Funchal está a ver na ocasião uma forma de potenciar o conhecimento da mensagem mariana junto dos mais novos.

O gabinete diocesano de informação destaca por exemplo o envio de pagelas para as escolas e a preparação de catequeses sobre a mensagem de Fátima, através de meios informáticos, para crianças, adolescentes, jovens e adultos.