Violinista Maria Milstein solista em concerto da OCM no domingo

ocm

A Associação Notas e Sinfonias Atlânticas apresenta um concerto da Orquestra Clássica da Madeira no próximo domingo, 29 de novembro, pelas 18:00 horas, no Teatro Municipal Baltazar Dias.

O Concerto estará sob a direção do maestro convidado Rui Pinheiro. Ocupará o lugar de solista a reconhecida violinista Maria Milstein, premiada e galardoada em grandes concursos internacionais.

O programa eleito contempla obras de Glinka: “Ruslan and Ludmila Abertura”, Prokofiev: “Concerto N.2 Op. 63 para Violino e Orquestra” e de Brahms: “Sinfonia Nº1 Op. 68”.

Maestro Convidado, Rui Pinheiro

Rui PinheiroRui Pinheiro é Maestro Titular da Orquestra Clássica do Sul desde Janeiro de 2015. Entre 2010 e 2012 foi Maestro Associado da Orquestra Sinfónica de Bournemouth (Reino Unido), onde dirigiu mais de uma vintena de programas, destacando os Hall of Fame e as celebrações do Jubileu da Rainha Isabel II. Foi Maestro Titular da Orquestra do Conservatório Nacional de Lisboa (2005­‑2008) e em Londres foi Director Musical do Ensemble Serse, companhia de ópera barroca em instrumentos de época. Aí fundou o Ensemble Disquiet, dedicado à divulgação da música contemporânea portuguesa (2008­‑10). Dirigiu as principais orquestras portuguesas. Após a sua estreia operática no Teatro Nacional de São Carlos, dirigiu este ano uma produção do Teatro de Zarzuela de Madrid. Trabalhou ainda com a Orquestra da Ópera Nacional de Gales, nos festivais Vienna ­‑ City of Dreams da Orquestra Philharmonia e nos BBC Proms­‑Plus em directo para a BBC – Radio 3. Entusiasta de música contemporânea trabalhou com compositores como Kenneth Hesketh, Alison Kay, Augusta Read Thomas, Stephen MacNeff, Pedro Faria Gomes, Luís Soldado, Luís Tinoco, Nuno Côrte­‑Real, Isabel Soveral e Clotilde Rosa entre outros, de quem dirigiu diversas estreias mundiais. Dirige regularmente o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa. É licenciado em Piano pela ESMAE e Mestre em Artes Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, com uma pós­‑graduação em piano e música de câmara na Academia Ferenc Liszt de Budapeste e um Mestrado em Direcção de Orquestra no Royal College of Music de Londres, onde estudou com Peter Stark e Robin O’Neill. Trabalhou ainda com Jorma Panula e Colin Metters.

Solista, Maria Milstein  (Violino)

Maria Milstein
Nascida em Moscovo numa família de músicos, Maria Milstein (1985) estudou no Conservatório de Amesterdão com Ilya Grubert e em Londres com David Takeno, obtendo as mais altas classificações nos diplomas de Bachelor e Master.

Entre 2011 e 2014, Maria foi Artista Residente na Queen Elisabeth Music Chapel na classe de Augustin Dumay.

Maria é premiada e galardoada em grandes concursos internacionais, tais como: “Città di Brescia”, o “Premio Rodolfo Lipizer” em Itália, o ARD Competition em Munique, o Lyon International Chamber Music Competition com o Van Baerle Trio, o Concertgebouw Vriendenkrans Competition e o Kersjes Prize, na Holanda.

Maria toca frequentemente na Holanda e noutros Países, onde se apresentou como solista com a National Orchestra na Bélgica, aBrussels Philharmonic, a Royal Chamber Orchestra of Wallonie, a Musica Viva Orchestra e a Amsterdam Sinfonietta. Em 2013, Maria colaborou com a Liège Royal Philharmonic Orchestra para as gravações das obras de Saint-Saëns para Violino e Orquestra (etiqueta Zig-Zag Territoires). O CD de estreia de Maria “Sounds of War”, gravado com a pianista Hanna Shybayeva, com as Sonatas de Poulenc, Janáček e Prokofiev, foi editado em Janeiro de 2015 pela Cobra Records; o álbum recebeu críticas pródigas na Imprensa Internacional e, recentemente, ganhou o Edison Klassiek Award na categoria de Música de Câmara.

Maria trabalhou com maestros, tais como: Michel Tabachnik, Jean-Jacques Kantorow, Christian Arming, Christopher Warren-Green, Alexander Rudin, Reinbert de Leeuw e Ivan Meylemans. Como grande apreciadora de Música de Câmara, toca em conjunto com reconhecidos colegas, tais como: Elisabeth Leonskaja, Gary Hoffman, Hannes Minnaar, Philippe Graffin, Liza e Dmitri Ferschtman e Alexander Kniazev.

Juntamente com o pianista Hannes Minnaar e o violoncelista Gideon den Herder, Maria compõe o Van Baerle Trio, um dos Ensembles Holandeses de maior sucesso.

O trio recebeu os principais prémios no ARD Competition, em Munique e no Lyon International Chamber Music Competition, tendo ganho também o Vriendenkrans Competition e o  Kersjes Prize, na Holanda.

Em 2014, o Trio fez a tournée ECHO Rising Stars que os levou a famosas salas de concerto, tais como: Musikverein em Viena, Cité de la Musique em Paris, Bozar em Bruxelas, Barbican em Londres ou a Philharmonie de Colónia. O CD de estreia do Trio, contendo obras de Saint-Saëns, Loevendie e Ravel venceu o Edison Klassiek em 2013. Em setembro de 2014 o Trio realizou o segundo CD “Trios com Piano de Mendelssohn” para a etiqueta Challenge Records.

Desde Setembro de 2014, Maria desempenha funções de professora no Conservatório de Amesterdão.

Maria Milstein toca num violino Jean-Baptiste Vuillaume (Paris, 1860)
Os bilhetes para o concerto estão disponíveis na bilheteira do Teatro Municipal Baltazar Dias.

– Público em geral: 20 €

– 3ª idade: Desconto de 25%

– Associados: Desconto de 50%

– Crianças dos 6 aos 12 anos: 5€