Proposta de fim de semana: um passeio curto e majestoso na rota da Baía d’Abra

(* Texto e Fotos Micaela Martins) Quer fazer um passeio curto e bonito, mas dispõe de pouco tempo? Em três ou quatro horas, consegue fazer um percurso majestoso, com paisagens de cortar a respiração, em que a natureza nos preenche com a sua presença imponente.

A primeira paisagem que avistamos da Madeira, ao nos aproximarmos da ilha por avião, é a digníssima Ponta de São Lourenço, a ponta mais a Este da ilha, de onde se avistam também os primeiros raios de luz nesta caixa de pandora, designada por Ilha da Madeira.

Se seguir pela estrada que nos leva ao resort conhecido por Quinta do Lorde, tendo atingido a rotunda que demarca o término desta via, encontrará uma placa informativa do percurso, que lhe indica que deve seguir por ali e que, percorrendo três quilómetros apenas ao longo da Baía d’Abra, encontrará uma casa do Parque Natural da Madeira, a Casa do Sardinha, com uma fila de palmeiras dianteiras à mesma, como guardiãs deste abrigo erguido pela mão do homem, e um pequeno cais, onde poderá refrescar-se no verão, aproveitando as águas cristalinas do Atlântico.
Calcorreando a vereda de acesso, atualmente, com uma passadiço de madeira na parte inicial, terá uma verdadeira lição de geologia e de resistência, ao observar as rochas imponentes que o mar banha e as plantas com um aspeto cristalizado, que por ali vai encontrando. Um azul que se impõe sobre o castanho da Baía descansa os nossos olhos do cinzento da cidade. Este espaço amplo, contrastando com os espaços, muitas vezes, asfixiantes da cidade, faz-nos sentir voar. E, se for até lá por esta altura, terá uma surpresa muito agradável ao encontrar o verde das plantas que rejuvenescem com as primeiras chuvas, ao contrário do aspeto desertificado que esta baía assume no verão.
Leve água, farnel, roupa confortável e uma boa companhia. Não tenha pressa e saboreie cada momento que estas paisagens lhe oferecem. Sente-se nos bancos de pedra por ali dispostos, ou nos das mesas onde poderá merendar. E quando regressar, aproveite a vista sobre o Norte da Ilha, à direita, espraiando-se até ao Porto Moniz, e a Sul, até ao Caniço. Bom passeio!