Cidadãos manifestam-se pela paz, contra a xenofobia

wpid-cartaz.jpg

Realiza-se na próxima segunda-feira, 21 de Setembro, às 18 horas na Praça do Povo, uma manifestação no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Paz.

O evento surge na sequência da actual polémica em torno da questão da vinda de refigiados sírios para Portugal e em particular o facto da Região vir a poder acolher algumas destas pessoas, o que tem motivado as reacções mais controversas no seio da sociedade madeirense sobretudo a nível das redes sociais e plataformas electrónicas de opinião, chegando-se até à convocação de um evento de protesto contra a vinda de refugiados de guerra para a Madeira. A manifestação Pela Paz, Contra a Xenofobia surge em resposta àquela iniciativa.

A organização pretende, no Dia Internacional da Paz, apelar aos valores humanitários da sociedade civil no combate à xenofobia que surge em crescendo desde que se noticiou inicialmente a vinda de refugiados para o país.

“Estamos aqui por considerarmos que hoje, Dia Internacional da Paz é o preciso momento de renovar estes nossos valores para fazer frente a uma crise humanitária que se pode transformar em catástrofe. A crise dos refugiados é um desafio à definição daquilo que somos, quais são os nossos princípios e valores. Perante esta crise será importante tomar uma posição bem clara: o medo não pode nunca aniquilar a noção de Humanidade, respeito, compaixão e solidariedade entre os Povos.”, pode ler-se no Manifesto enviado junto com a nota de imprensa pelos membros da organização deste apelo público à Paz.

O movimento iniciou-se na rede social e conta já com mais de 500 seguidores no evento público “Contra a Xenofobia! Eu quero a Paz, e tu?”