‘Jardim do Éden’ e ‘pecado’ no Instituto de Emprego

A presidente às vezes estaciona o carro neste espaço...
A presidente às vezes estaciona o carro neste espaço…

O Instituto do Emprego tem registado algumas interessantes inovações nos últimos tempos. A nova presidente, Rita Andrade, agrada e simultaneamente desagrada pelas suas acções.

Uma das mais interessantes, dizem as nossas fontes, é a de ter instituído uma forma criativa de atenuar a espera desesperante dos desempregados que ali se deslocam. Nomeadamente mandando colocar um cesto com maçãs em certos dias da semana, as quais, todavia, não duram muito, já que há quem instantaneamente coloque os maxilares em movimento. A fruta desaparece, pois, rapidamente, demonstrando a eficácia desta nova ‘terapia’. É caso para perguntar quem é a Eva, e o Adão, que tão celeremente aderiram a esta nova moda?

Porém, se esta atitude de transformar o IEM num ‘jardim do Éden’ não deixa de ser interessante, também parece certo que há ‘pecado’…

O Funchal Notícias foi alertado para o facto de que o Instituto de Emprego tem três lugares devidamente assinalados no chão e numa placa para três viaturas.

Mas o esposo da presidente usa o parque da Loja do Cidadão
Mas o esposo da presidente usa o parque da Loja do Cidadão

Aparentemente querendo demonstrar que não usa as viaturas oficiais, a presidente estaciona o seu carro num dos espaços, com um cartão no seu interior, esclarecendo que se trata da viatura da presidente. O curioso é que o IEM tem serviços na Loja do Cidadão, e por causa disso tem alugado um espaço num dos parques de estacionamento mais caros da cidade, mesmo ao pé do Jardim Municipal. A ideia seria servir as viaturas do IEM, mas afinal quem utiliza esse lugar é o esposo da presidente, que ali estaciona o seu carro, também assinalado com uma placa do IEM.

Resultado: as viaturas do IEM que têm de ir à Loja do Cidadão vêem-se obrigadas a estacionar de forma irregular, arriscando multa.

Conforme apurou o FN, a presidente nem sempre estaciona o seu carro particular nos lugares do IEM perto do mercado. Às vezes é o esposo que a leva até lá no seu carro, que depois vai estacionar no parque perto da Loja do Cidadão.

Conforme constatámos, trata-se supostamente do uso indevido de espaços utilitários para viaturas de serviço…

INSTITUTO DO EMPREGO 04

Ou seja: a ideia do ‘Jardim do Éden’ é de louvar, mas o pecado fica…