Marítimo na barra do tribunal a 22 de Setembro por causa de Suk

suk_maritimo
Foto lusogolo.com

Está marcada para 22 de Setembro, às 10 horas, no Tribunal do Funchal (antiga Vara Mista) a audiência preliminar da acção cível que opõe a empresa que geria a carreira do futebolista Suk e a SAD do Marítimo.

Em Março de 2014, a empresa de agenciamento de jogadores de futebol, ‘Onsidefoot’ processou o Marítimo por causa da transferência de Suk, em Junho de 2013, e pede 423 mil euros aos verde-rubros.

Suk veio para a Madeira em Janeiro de 2013 mas transferiu-se depois para a Arábia Saudita. Joga actualmente no Vitória de Setúbal, tendo feito uma breve passagem pelo Nacional quando regressou da Arábia Saudita.

A empresa com sede em Setúbal reclama do Marítimo uma verba relacionada com o futebolista sul-coreano Suk.

Recorde-se que, aquando da saída de Suk do Marítimo, em Junho de 2013, chegou a noticiar-se que o Eintracht Frankfurt, da Liga alemã, estaria interessado na contratação de Suk, avançado sul-coreano do Marítimo.

As boas exibições do atacante na segunda volta da época 2013/2014 terão despertado a cobiça do então sexto classificado da Bundesliga.

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, ter-se-á reunido a 17 de Junho de 2013, com a ‘Onsidefoot’, a empresa que geria a carreira do avançado da Coreia do Sul, e terá ficado a par do interesse do Eintracht Frankfurt no concurso do atacante. 

Contra tal expectativa, Suk Hyun-Ju deixou o Marítimo mas para assinar pelo Al Ahli, clube treinado por Vítor Pereira, ex-técnico do FC Porto. O avançado sul-coreano assinou por três anos, num negócio que rondou os três milhões de euros.

Suk Hyun-Jun, mais conhecido por Suk, (Chungju, Coreia do Sul, 29 de Junho de 1991) é um futebolista sul-coreano que joga habitualmente avançado. Foi contratado em Janeiro 2013 pelo Marítimo, tendo assinado um contrato válido até 2016. Em Julho de 2013 foi transferido para o Al-Ahli, da Arábia Saudita.

Suk chegou à Madeira em janeiro de 2013. O jogador, de 21 anos, tinha jogado nas duas épocas anteriores nos holandeses do Groningen, depois de ter jogado também no Ajax, clube que o trouxe para o futebol europeu. Na Madeira, impôs-se rapidamente na equipa orientada por Pedro Martins, tendo apontado quatro golos pelo Marítimo.

Agora em tribunal estarão em causa divergências financeiras relativamente à transferência de Suk para a Arábia Saudita.

Se não houver acordo na audiência preliminar, o processo segue para julgamento.