CDS entrega listas às eleições de outubro e alerta para o surto do mosquito

DSC09550 (1)
José Manuel Rodrigues encabeça a lista à Assembleia da República, seguido dos demais candidatos, como Margarida Pocinho e outros. Foto CDS-PP

Num tempo em que os políticos estão de férias, o CDS-PP não dá tréguas e continua a marcar a agenda política. Logo pela manhã de hoje, foi o primeiro partido a apresentar a lista de candidatos às eleições legislativas nacionais, no Tribunal da Comarca do Funchal. Depois, atento às questões da saúde pública regional, vem a público dizer: “As armadilhas revelaram, nos últimos dias, quantidades de mosquitos iguais ou superiores às que foram detetadas em 2012, o que só por si é deveras preocupante. Está em causa a saúde pública dos madeirenses e a imagem da Madeira como região turística”.

O gabinete de imprensa remeteu o seguinte comunicado: “As armadilhas para mosquitos colocadas de forma dispersa pela cidade do Funchal para ajudar a monitorizar as ações de combate ao vírus da dengue, revelam, nos últimos tempos, um aumento da população desses mosquitos, fato que tem levantado preocupações junto dos profissionais de saúde.

O surto de dengue que em 2012 atingiu 2.163 pessoa na Madeira – foi considerado o maior surto na Europa desde 1928 – foi dado por controlado em janeiro de 2013. Desde então não são conhecidas as ações e/ou programas que estão a ser desenvolvidos no terreno pelas autoridades regionais da saúde.
As armadilhas revelaram, nos últimos dias, quantidades de mosquitos iguais ou superiores às que foram detetadas em 2012, o que só por si é deveras preocupante. Está em causa a saúde pública dos madeirenses e a imagem da Madeira como região turística.
O CDS/PP tem sido o partido com uma ação permanente sobre esta matéria e por isso entende que a população deve ser informada da situação atual para que possa contribuir com as suas atitudes no combate ao combate.

Nesse sentido, e em resultado das informações de que o partido dispõe, o deputado e médico Mário Pereira irá prestar declarações à comunicação social, amanhã, quinta-feira, dia 13 de agosto de 2015, às 12 horas na Zona Velha da Cidade (local de encontro: junto ao teleférico).