Portefólio: dos carreireiros ao catamaran

 

O Funchal foi  até 1840 uma cidade muralhada que se abriu ao mar com o projecto de construção do porto do Funchal a 13 de Agosto de 1913, obra que na altura ficou sob a responsabilidade da Junta Autónoma de Obras do Porto do Funchal.

A partir de meados do século XIX a cidade abre-se totalmente ao mar e os barcos passaram a ser o principal transporte para chegar a ilha. Nesta Rubrica denominada de Portefólio não podíamos deixar de fazer referência às canoas e aos carreireiros que foram durante anos o principal meio de transporte para chegar do mar a terra firme.

transportes-atigos-003
Carreireiro carregado de mercadorias para descarregar no cais do Funchal

Passamos dos carreireiros, pequenos barcos de venda de produtos regionais ou de transporte de mercadorias como açúcar e farinha para os primeiros barcos a vapor a atracar no Porto do Funchal por volta de 1963.

FOTOS ANTIGAS FUNCHAL 06
Primeiros navios a vapor a atracar no Porto do Funchal

 

FOTOS ANTIGAS FUNCHAL 08
Barcos de pequeno porte que fundeavam ao largo do cais e do Porto do Funchal a meados dos século XX

Mais recentes e podem ser vistos actualmente ao largo da Marina e do Porto do Funchal são os barcos de Pesca como, o Barco Ventura,  ou o Barco Chagão.

barco ventura
Barco Ventura

 

barco o dragao
Barco Dragão

 

Um barco com uma história importante que não deve ser esquecido neste Portefólio porque ainda se encontra na Marina do Funchal é o Barco Manuela Aranha.

bacro-manuela-aranha
Barco – Manuela Aranha

Os barcos continuam a ser um meio de transporte da cidade do Funchal e agora com o cais acostável, de certeza que a cidade terá mais variedade de embarcações para mostrar. A objectiva de Rui Marote registou o Barco do Parque Natural da Madeira na “velhinha” Marina do Funchal. Outro dos barcos que fazem parte da cidade actualmente é a Nau- Caravela.

barco parque natural
Barco do Parque Natural da Madeira
Foto: shipsoncamera.com
Réplica Funcional da Nau Santa Maria – Foto: shipsoncamera.com

Mas se os barcos já transportaram carga e passageiros, já contabilizamos o “bombote”, navios de pequeno porte, barcos a vapor, barcos de pesca, barco para observação da natureza, Nau-Caravela, e navios de cruzeiro como o Minerva que atracou no passado dia 1 de Agosto no cais acostável, agora a moda são os “catamarans” que são uma fonte de receita para a cidade e para os vários empresários da ilha que  se dedicam ao negócio que “vai de vento em popa”, pois agora toda a gente quer experimentar uma viagem de catamaran, tanto turistas como residentes.

SONY DSC
Navio de Cruzeiro “Minerva” – Foto: Rui Marote

Agora o Funchal rendeu-se à moda dos Catamarans:

novo-porto-funchal-003
Catamaran -Porto do Funchal

icon.cidade