Debate do orçamento aborrece deputado que prefere brincar aos comentários anónimos

comentarios-anomimos

O Estepilha bem sabe que o assunto que se discute na Assembleia Legislativa hoje e amanhã é seríssimo: o orçamento retificativo. Exige dos senhores deputados estudo aturado, descodificação das linhas e entrelinhase e retórica vencedora no debate parlamentar. Mas deputados há ainda mais laboriosos que outros: além do trabalho mal pago no Parlamento, ainda têm de fazer um part-time a responder às notícias da imprensa, na condição de anónimos. Em pleno debate parlamentar, no momento em que o distinto deputado Ricardo Vieira usava sabiamente da palavra. Ao seu colega deputado, na hora do expediente, o interesse público exigia uma tarefa mais nobre: ler a imprensa e comentá-la do alto da sua cadeira parlamentar, no registo da navegação oculta. E nós a pagar!.

Habituado a tudo, o Estepilha pergunta-se: mas é só esse senhor deputado que se distrai com o computador e as tiradas na imprensa? Como crente no Pai Natal que é, é de supor que esta foi apenas uma distração inocente.