Proposta do CDS já devolveu 1,2 milhões de euros

 

unnamed
Foto: Assessoria CDS

O presidente do CDS/PP deu hoje uma conferência de imprensa, na qual, explicou de forma detalhada como já foram devolvidos cerca de 1 milhão e 200 mil euros  aos contribuintes no Funchal, 55 mil euros em Santana através da devolução do IRS. Este é o resultado concreto das medidas tomadas nas autarquias onde o CDS/PP é poder, Santana, ou onde o seu voto tem sido decisivo, no caso, a autarquia da capital madeirense.

Segundo José Manuel Rodrigues, a nota de liquidação do IRS de 2015 permite a cada munícipe saber quanto valem as propostas apresentadas pelos autarcas do CDS, posto que na declaração existe um campo específico que indica o valor devolvido – no Funchal a diminuição é de 1% de um total de 5%, em Santana já são 2,5%.

O líder centrista considera que a devolução do IRS aos contribuintes “é uma forma responsável de animar a economia, ajudar a criar postos de trabalho e cumprir com a promessa de desagravamento fiscal”.

José Manuel Rodrigues anunciou que irá propor para 2016 a devolução de mais 1% do IRS, no Funchal, medida que a ser aprovada terá efeito prático em 2017. O líder da oposição disse que vereadores e deputados municipais do CDS apresentaram medidas para redução do IRS noutros concelhos, “mas infelizmente as maiorias absolutas camarárias chumbaram esse alívio de impostos”.