Cidadãos fazem manifestação no Dia da Região contra Grupo Sousa e lobby do porto

ARMAS
Os cidadãos querem o regresso do barco Armas para retomar as ligações marítimas entre a Região e o Continente.

Tal como o Funchal Notícias já divulgou, um grupo de cidadãos aproveita as comemorações do Dia da Região, que amanhã se assinala, para fazer uma manifestação contra o Grupo Sousa que detém a linha dos transportes marítimos.

O protesto está agendado para as 10 horas, no Largo dos Varadouros.

O manifesto que suporta esta ação pública de protesto, a que o FN teve acesso e que está a ser divulgado nas redes sociais, reza o seguinte:”Se defendes o restabelecimento da ligação por ferry, Madeira-Continente-Madeira e Canárias. Se queres manifestar o teu desagrado pelo afastamento do ARMAS, por parte do Grupo Sousa e do Governo Regional. Se estás contra o vergonhoso Monopólio do Grupo Sousa nos nossos portos, que encarecem todas as mercadorias que vêm para a Madeira. Se tens conhecimento que o Grupo Sousa quer concorrer para a nova linha de ferry, somente para controlar os preços, já que por exemplo, um transporte de um automóvel com os Sousas, custa no mínimo 600 euros, não vão transportar o mesmo automóvel num ferry por um preço mais barato, porque senão estarão a fazer concorrência contra si próprios. Não te deixes enganar! Diz não ao Grupo Sousa e ao seu garrote contra a Madeira! Participa nesta manifestação e mostra que o povo da Madeira está com fome mas ainda não perdeu a sua dignidade e o seu espírito de luta! Vem e luta pelos teus direitos, Que venha o ferry sem os Sousas. Não queremos esse “brinde”! Participa e divulga!”.