Reunião trata de assuntos pendentes entre a Madeira e o continente

 

SONY DSC
A chegada da comitiva. Fotos Rui Marote

A dívida da Madeira, os encargos com a dívida (juros), o Programa de Ajustamento Económico-Financeiro (PAEF), os transportes aéreos e um novo regime de tarifas para os madeirenses, os transportes marítimos (eventual entrada de um ferry-boat na linha continente/Madeira), o financiamento do novo hospital e soluções para esbater a dupla insularidade do Porto Santo são assuntos pendentes entre a Madeira e Lisboa.

Assuntos que deverão ter sido discutidos, esta manhã, na Quinta Vigia, na reunião entre membros do Governo da Madeira e da República.

Na conferência de imprensa conjunta que ainda decorrer, foi anunciado que o Governo Regional e o Estado acordaram na alteração do modelo dos transportes aéreos entre a Madeira e o continente, à semelhança do que acontece nos Açores.

Por essa via, o novo tecto máximo de tarifas aéreas para residentes e doentes será fixado em 86 euros, enquanto os estudantes terão um limite de 65 euros.

SONY DSC

SONY DSC
Reunião na Quinta Vigia.
SONY DSC
De Lisboa veio um batalhão de jornalistas.