Alunos da Jaime Moniz ganham primeiro prémio com projeto de empreendedorismo RS4E

rs4e_vencedeor_ensino_secundario
A diretora do CEIM, Patrícia Dantas Caires entregou o primeiro prémios aos alunos da Jaime Moniz, no âmbito do ensino secundário.

A Escola Secundária Jaime Moniz conquistou o primeiro e o terceiro prémios do evento RS4E, no âmbito do Ensino Secundário, que decorre no Porto Santo, para premiar os projetos de empreendedorismo da autoria dos estudantes do ensino secundário e profissional do arquipélago.

Segundo o Funchal Notícias foi informado por Carlos Soares Lopes, do Centro de Empreendedorismo e Inovação-CEIM, entidade promotora do certame, os estudantes que ganharam o primeiro prémio poderão participar num intercâmbio em Londres, podendo assim partilhar as experiências em matéria de projetos criativos e úteis para a comunidade.

Nas provas de hoje, no âmbito do Ensino Secundário, a Escola Secundária Jaime Moniz, representada pelo Grupo 10 (Provida), orientada pela professora Fátima Menezes, arrebatou o primeiro lugar com um projeto de criação de um chip para monitorização de dados vitais dos pacientes. Este projeto prevê a necessidade de registo de patentes, investigação e desenvolvimento com universidades internacionais.

O segundo classificado, Grupo 6 (Slidding Butter), da Escola da Apel, apresentou um aplicador de manteiga de fácil utilização, concebido para uso doméstico.

O terceiro classificado, Grupo 15, novamente da Escola Secundária Jaime Moniz, inovou com a Garrafa Multifunções, que engloba vários utensílios utilizados na confeção de bebidas tradicionais madeirenses.

A cerimónia de entrega de prémios foi presidida pelo representante da Secretaria da Economia, Turismo e Cultura, Jorge Vale Fernandes, diretor regional da Inovação, Valorização e Empreendedorismo.

rs4e_vencedor_ensino_profissional
O diretor regional de Inovação, Valorização e Empreendedorismo, Jorge Fernandes, entregou o primeiro prémios, no ensino profissional, aos alunos do Conservatório-Escola das Artes Eng. Luiz Peter Clode.

No âmbito do Ensino Profissional, foram também distribuídos prémios. O primeiro classificado foi o Grupo 20 – Score Plus (Conservatório – Escola das Artes Eng. Luíz Peter Clode), que apresentou uma aplicação que auxilia os músicos e estudantes de música nos ensaios e concertos musicais. Esta solução permite minimizar erros de afinação, ritmo e ainda permite a passagem automática da pauta.

O segundo classificado foi o Grupo 24 – Appoint (Direção Regional de Qualificação Profissional), através de uma solução desenvolvida para cabeleireiros que permite ao utilizador a identificação e marcação de serviços disponíveis na área selecionada.

O terceiro classificado foi o Grupo 21, Farinha de Banana, da Escola Profissional de Hotelaria e Turismo da Madeira, com o Produto feito a partir da banana com fins culinários.

Nos dias 28 e 29 do corrente mês, 94 alunos das escolas secundárias e profissionais têm a oportunidade de partilhar experiências empreendedoras, em diversas atividades desenvolvidas no Porto Santo. Nesta edição do RS4E não faltaram ideias criativas, equipas motivadas e prémios para os vencedores.

O Porto Santo recebe assimalunos que apresentam ideias de negócio no âmbito do RS4E, projeto desenvolvido pelo CEIM. Este é o culminar dintervenção da 10ª edição do evento nas escolas do ensino secundário e profissional. No total, foram a concurso 362 ideias de negócio desenvolvidas pelos alunos das 102 turmas envolvidas.
 
Foram selecionadas para esta fase final um total de 26 equipas (16 do ensino secundário e mais 10 do ensino profissional).
A equipa classificada em primeiro lugar participará num programa de intercâmbio de opinião e experiências em empreendedorismo em Londres. Os segundos e terceiros classificados receberam prémios monetários oferecidos pelo BANIF e SDEM, respetivamente.
 
 O RS4E – road show for entrepreneurship é um projeto que tem vindo a ser desenvolvido pelo CEIM – Centro de Empresas e Inovação da Madeira e pelo Governo Regional desde 2005, em parceria com diversas entidades públicas e privadas. O rs4e tem como principal objetivo permitir que jovens, com idades compreendidas entre os 6 e os 25 anos e a frequentar diversos estabelecimentos de ensino básico, secundário, profissional e superior da nossa Região, tivessem um primeiro contacto com o fascinante mundo do empreendedorismo, através do conceito “learning by doing”. Já participaram no RS4E mais de 15.000 alunos, 359 professores e 837 turmas, distribuídas pelas suas 10 edições.