PSD: GR assegura menos impostos para costa norte e Porto Santo

Foto DR

O Grupo Parlamentar do PSD deslocou-se, hoje, ao concelho de São Vicente, para efetuar uma visita à Empresa Viproducões- design e publicidade.

Na ocasião, foram realçadas “as políticas de desagravamento fiscal implementadas pelo Governo Regional” (GR), tendo o deputado Guido Gonçalves, porta-voz da iniciativa, referido que “esta tem sido uma das bandeiras deste Executivo, concretizada orçamento após orçamento e beneficiando as famílias e as empresas da Região, através da redução de impostos”.

“Hoje, em particular, queremos destacar a descida do IRC de 11.9% para 8.75%, para todas as empresas sediadas nos três concelhos da costa norte, São Vicente, Santana e Porto Moniz, e também no Porto Santo, que irão beneficiar da taxa de IRC mais baixa do país”, disse, após uma visita à Empresa Viproducões- design e publicidade.

Guido Gonçalves lembrou que “esta é uma descida justa e que beneficia as pequenas e médias empresas, muitas delas de cariz familiar e que merecem este alívio fiscal, uma proposta que revela a sensibilidade do PSD com estes concelhos e que orgulha os deputados eleitos do PSD”.

“Queremos continuar a defender e a promover os nossos concelhos, aumentando a capacidade de crescimento económico e de mais oportunidade de emprego.”, afirmou.

O deputado acusou o Partido Socialista de estar “em sentido oposto”, lembrando que o partido votou contra o Orçamento Regional que permitiu baixar os impostos em São Vicente, Santana, Porto Moniz e Porto Santo. “É preciso não ter vergonha para vir ao norte propagandear a baixa de impostos e depois votarem contra os benefícios fiscais para a costa norte e para o Porto Santo”, afirmou, assegurando que “a população e os empresários destes concelhos sabem que podem contar com o apoio deste Governo, não só ao nível das muitas infraestruturas realizadas, mas também no que diz respeito ao alívio fiscal às empresas e famílias”.