PS-Funchal critica aumento do preço dos estacionamentos na Penteada

A CMF,  através da sua empresa  municipal Frente MarFunchal, gestora dos estacionamentos à superfície, procedeu à alteração do tarifário do estacionamento do Mercado da Penteada, desde o passado dia 1 de Maio, sem aviso prévio e sem ouvir os comerciantes ou clientes deste espaço, denuncia o PS do Funchal.

“Esta mudança provocou indignação e discordância junto dos comerciantes e das pessoas que habitualmente se deslocam ao Mercado da Penteada para fazer as suas compras, principalmente os mais idosos ou com pouca mobilidade”, referem os socialistas.

“Numa conjuntura económica muito difícil, após vários   períodos de confinamentos devido   a   uma   violenta   pandemia e a vivermos uma   guerra na Europa, com consequências negativas   globais, aumentar o tarifário do parque de estacionamento do mercado, reduzir o período de gratuitidade, não constitui uma medida positiva para os comerciantes e clientes do Mercado da Penteada.

“Relembramos   que o Mercado da Penteada em 2013 estava ao completo abandono, degradado,  e o parque de estacionamento não tinha   qualquer rotatividade, inúmeros espaços comerciais estavam encerrados por um longo período, e a iluminação era medíocre”, referem o PS.

Os socialistas sublinham a reabilitação do espaço, com a  criação de um  parque  infantil, uma casa do  lixo e outras inovações, surgindo “uma nova centralidade e dinamismo neste espaço público municipal”.

Os   comerciantes, que têm  rendas e condomínio para pagar, ordenados e outras despesas   inerentes ao  seu normal   funcionamento,  garantem que  não foram ouvidos sobre o assunto, “verificando-se, nos últimos dias, uma redução significativa no número de clientes   e  das   respectivas vendas nos seus espaços”.