Madeira bate novo recorde e regista 2166 infecções por SARS-Cov-2 num só dia

A Madeira bateu novo recorde de infecções diárias por Covid-19 esta quinta-feira, com 2166 novos casos de infeção por SARS-CoV-2. Destes, apenas 51 são importados; 2115 são de transmissão local. É um novo máximo, que eleva a 10907 os casos activos no arquipélago.

A Região passa assim a contabilizar 39845 casos confirmados de COVID-19 desde o começo da pandemia. Havendo hoje mais uma morte a lamentar, a RAM conta, até à data, um total de 143 óbitos associados à COVID-19.

Numa outra perspectiva, há hoje mais 1544 casos recuperados. A RAM passa a contabilizar 28795 casos recuperados de COVID-19 até ao momento.

Dos 10907 casos activos, 291 são casos importados e 10616 são de transmissão local.

Relativamente ao isolamento dos casos activos, 88 pessoas estão internadas no Hospital Dr. Nélio Mendonça (83 em Unidades Polivalentes e 5 na Unidade de Cuidados Intensivos) e 49 pessoas cumprem isolamento num hotel. As restantes estão em alojamento próprio.

No total, há 1485 casos suspeitos hoje em apreciação pelas autoridades de saúde, relacionados com viajantes identificados no aeroporto, contactos com casos positivos ou outras situações reportadas à linha SRS24 ou provenientes dos vários postos de testagem da RAM.

No que concerne à vigilância activa de contactos de casos positivos, 5917 pessoas estão a ser
acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da Madeira e no Porto Santo. Já no que respeita à vigilância de viajantes, 21209 pessoas estão também a ser acompanhadas pelas
autoridades, com recurso à aplicação MadeiraSafe.

O total de contactos para a Linha SRS24 (800 24 24 20) ascende agora a 82679 chamadas e a Linha de Apoio Psicológico da Direcção Regional da Saúde (291 212 399) contabiliza até a data 4031 atendimentos.

Quanto aos testes para despiste de COVID-19 realizados no Serviço de Saúde da RAM, há a reportar um total cumulativo de 322280 colheitas para teste à COVID-19, realizadas até às 15h30 de hoje.

No total, até à data, as amostras processadas para teste de RT-PCR, no laboratório de Patologia Clínica do SESARAM ascendem a 801157.

Foram realizados até ao dia 13 de Janeiro 1 470222 de testes rápidos de antigénio, realizados no contexto da operação de testagem massiva.