Estepilha: Junta de Freguesia da Sé deixa “carimbo” em todas as obras

Rui Marote
O Estepilha descobriu que as todas obras realizadas pela Junta de Freguesia da Sé levam a “chancela,”, chamando a si a realização do trabalho realizado, por mais humilde que seja.
Um quilo de cimento e três pás de areia são o suficiente para deixar a marca desta autarquia.
Na bifurcação da rua dos Ferreiros com a rua dos Tanoeiros o passeio foi preenchido com cimento e areia para atenuar as barreiras arquitectónicas e facilitar a inclusão de pessoas deficientes.
As fotos são elucidativas: ao centro a sigla da Junta, que nos faz lembrar o cinto da Mocidade Portuguesa, onde pontificava o “S” que significava Servir, Neste caso, o papel é promover este órgão autárquico.
Um trabalho deficiente de um servente de pedreiro que preencheu a “barreira” de cantaria e calçada portuguesa com um enchimento de cimento e areia mal feito, chamando a atenção esta nova toponímica no chão.
Estepilha, que se cuide o presidente da Câmara, Pedro Calado. Por este andar os buracos das ruas da cidade serão “carimbados” pelo presidente da Sé, como se de um brasão real se tratasse. Ai o protagonismo…