PSD acusa Orçamento municipal de Machico de ser “uma mão cheia de nada”

O PSD Machico justificou o voto contra o Orçamento Municipal de Machico para 2022, classificando-o como “uma mão cheia de nada”.

“À luz da conjuntura socioeconómica que vivemos e quando a Câmara Municipal de Machico irá gerir aquele que é o maior Orçamento dos últimos oito anos, não é compreensível e muito menos aceitável que áreas fundamentais e prioritárias, como é o caso da habitação e do estimulo económico, tenham sido relegadas para segundo plano, o que apenas vem confirmar a incapacidade deste Executivo olhar o futuro e corresponder às necessidades urgentes que a população do nosso concelho enfrenta”, dizem os vereadores social-democratas.

Os mesmos criticam um orçamento onde “não existem quaisquer acções previstas no respeitante à habitação, não existe qualquer reforço para a necessária dinamização económica e consequente criação de emprego no concelho, assim como não há qualquer visão ou acção para a captação de investimento privado ou tampouco para o aproveitamento eficiente dos Fundos Comunitários”, o que faz com que a proposta hoje discutida e votada não passe de uma mera base “para a gestão corrente a que este Município, infelizmente, já nos habituou”.