CDU congratula-se por ser “a terceira força política no Funchal”

A CDU emitiu um comunicado na qual se afirma “a terceira força política no Funchal”, referindo que, embora ainda estejam por realizar as Assembleias de Apuramento relativas ao acto eleitoral de 26 de Setembro, já é possível assegurar a confirmação de que a CDU fica como a terceira força política mais votada no concelho do Funchal”.

Para os comunistas, “se o quadro político se tornou mais adverso para as populações do concelho do Funchal nestas últimas Eleições Autárquicas, dado que ficam mais limitadas as possibilidades de proposta e de exercício fiscalizador, ficam mais condicionados os meios de reivindicação e de reclamação por parte do povo do Funchal, atendendo a que na Câmara Municipal do Funchal ficam sozinhos o PSD e o PS”, a votação alcançada pela CDU mesmo assim “fornece ferramentas de iniciativa política que não podem ser subestimadas (…)”.

Os resultados já apurados,, refere a CDU, “permitem confirmar que, para além de ter sido a CDU a terceira força política mais votada no concelho do Funchal, a CDU elegeu Herlanda Amado como deputada municipal”.

Ora, na perspectiva dos comunistas, “num contexto político marcado por uma lógica de bipolarização muito fechada, fortemente condicionada pela sua forçada mediatização, como não havia memória, maior significado político ganha a eleição por parte da CDU de uma deputada à Assembleia Municipal do Funchal”.

Por outro lado, os resultados alcançados pela CDU em cada um dos concelhos da Região “comportam um apelo ao agir continuado em defesa dos direitos do povo ao desenvolvimento local e regional”. A CDU promete continuar a ser a “voz dos injustiçados”.