Taekwondo madeirense realizou exames de graduação

A Associação de Taekwondo da Madeira (ATKDM) continua a desenvolver a sua actividade no sentido de promover o crescimento do Taekwondo na Região. Depois de retomada a actividade nos clubes, foram realizadas provas de Poomsae (Formas técnicas) e neste final de época desportiva a ATKDM realizou exames de graduação de Dans (cinturões negros).
“Nestes exigentes exames onde os atletas têm de demonstrar todas as técnicas de Taekwondo adquiridas ao longo dos anos de treino”, refere o mestre Mário Rodrigues, 5º Dan. Estiveram presentes na mesa de examinadores, além do mesmo, a mestre Maria Gilgen, competidora internacional da Suíça, como convidada, e o instrutor José Santos, que avaliaram os atletas que se propuseram a exame.
O atleta Alexis Santos, do CS Marítimo alcançou o 1º. Dan, o instrutor Hector De Jesus, do Clube Tornados alcançou o 3º. Dan, e a instrutora Guida Gouveia do CD Unidos da Camacha alcançou o 4º. Dan e subiu para a categoria de mestre, sendo agora a primeira mulher madeirense com o estatuto de mestre de Taekwondo na RAM.

Só a partir do 1º.Dan (cinturão negro) os atletas podem participar em competições internacionais.

Foram também realizados nos clubes associados exames de kups (cinturões coloridos). Todos os exames foram supervisionados pelo mestre Mário Rodrigues 5º Dan e responsável técnico da ATKDM.
Os atletas dos CD Unidos da Camacha foram os primeiros a ser submetidos a exame, seguindo-se o CD Mar e Serra, CS Marítimo e o Clube Tornados. Todos estes exames são muito importantes para a evolução dos atletas e do Taekwondo na nossa região, salienta o mestre Mário Rodrigues.
Devido à pandemia de Covid-19, a União Desportiva de Santana e os Salesianos do Funchal não efectuaram exames de graduação esta época, refere a ATKDM.