Maurício Melim admite que a variante Delta pode já estar na Região; dentro de uma semana haverá confirmação

O médico Maurício Melim, coordenador da Unidade de Emergência em Saúde Pública da RAM, revelou hoje aos jornalistas que há aproximadamente quinze cadeias de transmissão da Covid-19, activas na Região, neste momento. Formalmente, referiu, a variante Delta da doença ainda não foi identificada cá; suspeita-se que essa variante, mais infecciosa, já esteja entre nós. “Há algumas situações que já foram identificadas como não sendo a variante do Reino Unido”, disse. “Está em aberto podermos ter aqui outras variantes”, declarou.

As variantes suspeitas terão sido trazidas por viajantes de vieram de fora e que a poderão ter disseminado na RAM, admitiu. “Algumas foram detectadas no aeroporto, outras no teste do 5º ao 7º dia”.

Muito em breve, a Região poderá ter a confirmação de que variantes efectivamente se trata: “O Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge está já a trabalhar e penso que dentro de uma semana teremos o resultado”.

Maurício Melim falava aquando da visita do coordenador nacional da Task-Force da Vacinação, vice-almirante Gouveia e Melo, ao Centro de Saúde do Bom Jesus, esta tarde.