Nova associação intitula-se “Sonho Vilão”

Formou-se uma associação com o curioso nome de “Sonho Vilão”. A agremiação, segundo dá conta um comunicado às Redacções, foi fundada a 10 de Março de 2021, com o propósito de “fomentar o renascer do vernáculo regional e auxiliar os artistas locais e regionais no desenvolvimento de projectos culturais como também, reforçar o apoio, com projectos e acções de solidariedade social, na luta contra as desigualdades sociais e económicas que assolam a região autónoma da Madeira”.

O ano atípico provocado pela pandemia COVID-19 acelerou exponencialmente o crescimento do número de famílias em carência económica, refere-se, fazendo com que centenas de cidadãos, nomeadamente os estudantes, fossem privados de direitos fundamentais consagrados na constituição portuguesa, nomeadamente o direito à educação e à cultura (Capítulo III, Direitos e
deveres culturais da Constituição Portuguesa – VII Revisão Constitucional) e os princípios Declaração Universal dos Direitos Humanos, refere o comunicado.

“Ao longo do ano transacto, período de longa reflexão e diálogo com diversas pessoas ligadas as mais distintas áreas de formação profissional, delineou-se um conjunto de objectivos e acções sociais catalisadoras para o desenvolvimento da igualdade social, educacional e cultural na Região Autónoma da Madeira”, e daí nasceu a Associação Animação Sonho Vilão.