PSD critica obras que a CMF está a realizar na Estrada Monumental

O PSD veio hoje criticar o “trânsito caótico que actualmente se vive na zona da Estrada Monumental em função das obras da futura ciclovia”, e que levou a vereação social-democrata a alertar, mais uma vez, na reunião de Câmara que teve lugar esta quinta-feira, para a necessidade do Executivo assumir uma outra postura. A posição foi manifestada pela vereadora Nadina Mota, salientando não ser esta a cidade que os funchalenses querem.

“Nós, PSD, queremos obviamente uma cidade amiga do ambiente mas, também, uma cidade amiga das pessoas e, neste momento, quem vive nesta zona da cidade está a enfrentar constrangimentos de vária ordem que podiam ter sido evitados e ainda vão bem a tempo de ser corrigidos, desde já e para o futuro”, afirmou, na ocasião, a vereadora, reiterando a necessidade do Executivo Municipal avançar para a realização de um estudo detalhado e pormenorizado sobre o que está a acontecer e a forma como se podem prever e evitar situações mais complicadas para o futuro.

“Já alertámos repetidas vezes esta Câmara Municipal para os problemas de trânsito resultantes desta intervenção, já trouxemos exemplos concretos das limitações e dificuldades que as mesmas estão a provocar na circulação automóvel e antevemos que isto se torne um problema ainda mais grave quando a ciclovia estiver concluída” reforçou Nadina Mota, recorrendo ao exemplo do que está a ser feito neste momento antes de chegar ao Fórum Madeira e a obrigação da circulação ter de ser deslocada para a Travessa da Quinta Calaça.