CMF realiza acções de desratização e desbaratização

A Câmara Municipal do Funchal está a realizar, durante esta semana, um conjunto de acções de desratização e desbaratização em diversas ruas e travessas da zona baixa da cidade do Funchal.  Este plano de controlo de pragas decorre em todas as caixas de visita de águas residuais, informa a autarquia.

Segundo Idalina Perestrelo, vice-presidente da edilidade, detentora do pelouro do Ambiente, “estas acções surgem de maneira preventiva e têm como principal objectivo assegurar as condições de higiene e a saúde pública. Estes trabalhos serão efectuados por uma empresa especializada, apoiada pelos serviços camarários do Departamento de Ambiente da CMF.”

“Todos sabemos que nesta altura do verão e associado ao aumento das temperaturas, é muito comum o surgimento de pragas de baratas e de ratos e, neste sentido, estamos a proceder a esta desinfestação para impedir a propagação das mesmas”, acrescentou.

A execução dos trabalhos do plano de Controlo de Pragas Urbanas do Município do Funchal decorre durante o período nocturno e contempla, nesta primeira fase, a baixa do Funchal nos seguintes arruamentos:

– Dia 14 de junho – Rua do Lazareto; Largo do Socorro; Largo da Forca; Rua Aspirante Mota Freitas; Rua de Santa Maria; Rua do Portão de São Tiago e Travessa do Forte.

– Dia 15 de junho – Rua Bela de São Tiago e Travessa João Caetano.

– Dia 16 de junho – Rua Nova da Alegria; Rua das Rosas; Rua de São Filipe; Avenida Santiago Menor; Rua Conde Carvalhal; Campo da Barca; Rua Conselheiro Aires de Ornelas; Rua Jaime Moniz e Rua do Arcipreste.

– Dia 17 de junho – Rua da Infância; Rua Miguel de Carvalho; Rua do Hospital Velho; Rua Latino Coelho; Rua dos Barreiros (Santa Maria Maior); Travessa da Amoreira; Travessa de João Ribeiro; Travessa das Torres; Largo do Corpo Santo; Travessa Escaleres; Travessa do Portão e Rua Ornelas.

“Este é um procedimento complementar a todas as acções de intervenção que a Câmara Municipal do Funchal já realiza, neste âmbito, no espaço público, e que nas próximas semanas estenderemos estrategicamente a outras zonas do concelho do Funchal”, concluiu a autarca.