Estepilha: 40 euros para visitar familiar em clínica do Funchal

Rui Marote
A Madeira vai suportar os custos dos testes dos turistas ingleses no regresso a casa. Sempre é melhor que outras promoções que nos levam milhões e os efeitos não se veem.
Há países que oferecem a quem contrair o vírus durante as férias 2,6 mil euros, como forma de incentivar o turismo “sem medos”.
Mas na Madeira santos da casa não fazem milagres. O Estepilha sabe que numa clínica no Funchal, para visitar um familiar internado, o visitante terá de desembolsar 40 euros: 35 pelo teste rápido e cinco euros pela bata, por uma hora de permanência.
Já os testes de Covid-19 para viajar têm o custo de 120 euros. São mais caros que numa clínica no centro de Barcelona, onde se desembolsa 82 euros.
É sempre a abrir. Queres, pagas e não discutes. É tudo um negócio.