Antigos militares têm encontro na Sé do Funchal

Sílvio Mendes

O 37.º encontro dos militares madeirenses que serviram no Ultramar vai realizar-se no dia 2 de maio na Sé do Funchal com missa às 11 horas. Porque nesse domingo celebra-se o Dia da Mãe, a Eucaristia é oferecida por  todas as mães  que deram os seus filhos para servirem na guerra do Ultramar.
Às 12 horas haverá homenagem aos militares falecidos no Ultramar e aos militares falecidos após o regresso. Também é de ação de graças pelos antigos militares que estão vivos. Nesta cerimónia será referido o número de militares que morreram em tempo de serviço no Ultramar e que eram do município do Funchal.
No fim  da missa será feita uma cerimónia  de homenagem aos militares falecidos no Ultramar com a oferta de uma coroa de flores e será cantado o hino dos EMMMSU (Encontros Mensais dos Militares Madeirenses que Serviram no Ultramar) terminando com um hino aos militares falecidos.
Os antigos militares naturais da Madeira e seus familiares estão convidados  a participar nesta  homenagem de gratidão por aqueles que  defenderam a integridade da nossa Pátria no Ultramar (1961-1975). Incluem-se também os militares que  serviram na Índia (1954-1961) .
Quem desejar participar neste evento deve comunicar até ao dia 30 de Abril  para o telefone n.º 96 804 16 78 para receber mais informações. As famílias podem participar.
Todas as recomendações das autoridades de saúde(DGS)  e do Governo Regional estarão acauteladas. Todos usarão máscara.
As cerimónias serão presididas pelo Pe. António Simões (Coronel  Capelão).
Estes encontros têm decorrido no primeiro domingo de cada mês, com raras exceções, em muitas igrejas da Madeira e Porto Santo.